top of page

Documentário retrata cena musical de São Mateus

Gabriel César, cineasta e diretor da obra audiovisual, conversa com estudantes da terceira edição do módulo Cinema e Jornalismo sobre os desafios da carreira.



Cidade São Mateus é um documentário que retrata a importância da música neste  bairro da zona leste da cidade. “Minha intenção era retratar o bairro em que vivi com um olhar afetivo, mostrando que nem tudo por lá é violência”, afirma Gabriel César, cineasta e diretor da obra audiovisual.


Durante encontro da 3ª edição do curso Cinema e Jornalismo: Luzes sobre São Paulo, o jovem cineasta de 25 anos compartilhou com estudantes e recém-formados em comunicação como foi idealizar e dirigir o videodocumentário Cidade São Mateus.


Gabriel frequentava batalhas de rap e cenas musicais na região desde cedo, prestigiando e colaborando na organização dos eventos. Além disso, já tinha inclinação para produções audiovisuais. Então, aos 15 anos, comprou sua primeira câmera fotográfica e iniciou os registros no território.


Para Gabriel, retratar São Mateus por meio de suas lentes sensíveis sempre foi uma projeção pessoal: “era algo que eu realmente queria, acreditava que seria importante sair de São Mateus só depois que conseguisse mostrar aos outros o que eu vivia”.


Hoje Gabriel vive na Bahia, mas insiste em dizer que vive como a mensagem que quis passar no documentário: “por mais que você ande pelo mundo, o bairro nunca sai de você”.


São Mateus tem uma população de aproximadamente 220 mil habitantes e nem sempre é vista como uma região segura e tranquila. “Queria mostrar a beleza de São Mateus e não falar de tristeza ou de morte, queria mostrar a música, porque ela traz as coisas boas que podem ser mostradas de lá, as coisas ruins já estão no noticiário”, aponta Gabriel.


O documentário foi contemplado pelo edital Memórias de São Paulo que objetiva contar uma memória, um acontecimento ou uma curiosidade sobre algum bairro da cidade de São Paulo. E uma das premissas é que os envolvidos com o projeto residam no local.


Com o apoio financeiro garantido, Gabriel passou a refletir em como retratar a música em São Mateus dentro de um recorte possível de tempo, investimento e espaço. “Quis mostrar quem foram as pessoas responsáveis, os primeiros a construírem a cena musical de São Mateus nos anos 80 e 90, e que refletiu no território, que foi tão forte que mudou até a autoestima do bairro”.


“Hoje você vai pesquisar São Mateus e aparecem informações sobre violência e questões de segurança e tal, mas também aparecem informações sobre música, cultura e as riquezas que tem”, afirma Gabriel que compartilha experiências exitosas com o lançamento do documentário e o impacto que teve na população.


Sobre o roteiro, ele diz que tentou mostrar o passado, o presente e o futuro. “O passado sempre parte de uma roda de samba nas quebradas, nos subúrbios. É o primeiro a reunir a galera em prol de lutas coletivas e do crescimento do bairro. Depois disso tem o rap e as diferentes formas de manifestação… e também tem a nova geração que está se constituindo”. 


A obra está disponível gratuitamente na plataforma da Spcine.


Cinema e Jornalismo: Luzes sobre São Paulo | 3ª edição - 2023


Esta edição é uma parceria entre a OBORÉ e o Instituto de Pesquisa, Formação e Difusão em Políticas Públicas e Sociais (IPFD), viabilizada por meio de emenda parlamentar do vereador Eliseu Gabriel (PSB/SP) junto à Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo.


A atividade reúne cerca de 100 estudantes universitários e recém-formados de todo o Brasil e tem a proposta de discutir a complexidade cultural, social, econômica, política e urbana da cidade de São Paulo por meio das lentes do cinema e do jornalismo.


No curso, os participantes são convidados a assistir filmes, participar de debates, reflexões e entrevistas coletivas com especialistas sobre as obras cinematográficas e as temáticas nelas envolvidas, além de produzirem, durante o percurso, trabalhos jornalísticos em diferentes formatos e plataformas - textos, vídeos, áudios ou multimídia.

Confira como foram os outros encontros do módulo:





0 visualização
bottom of page